Suporte » Tradução » Português (Portugal)

  • Resolvido Manuela

    (@alfalb)


    Caros tradutores,

    Uma simples observação relacionada com o nosso idioma pt-PT.

    Tenho estado a ajudar nas traduções de complementos/suplementos e extras para o WordPress noutro sítio da Web e deparei com muitos erros e termos de pt-BR misturados com pt-PT e aqui sucede o mesmo, embora com menos frequência.

    Quando traduzem ” … sua pasta …” deveria ser ” … a sua pasta … ” porque parece que estamos a ler português do Brasil, etc…

    PORQUE NÃO UTILIZAR O AO de 1990?! em toda a tradução, tanto que às vezes este é empregue e outras vezes não.

    Outro assunto é o relacionado com a utilização de estrangeirismos.

    PORQUE UTILIZAR OS ESTRANGEIRISMOS quando existem as palavras em português?!

    PARTE de um artigo publicado na net:

    “Estrangeirismos no dicionário [Variação e mudança linguística / Estrangeirismos e aportuguesamentos]

    Para meu total espanto venho a verificar que termos ingleses como download, link, email, site estão incluídos no dicionário português da Priberam, como é que é possível que isto aconteça, quando estes termos têm logo tradução directa? Mas ainda mais inverosímil é como é que vão palavras inglesas para um dicionário português? Só porque alguns fazem o uso destes termos? Porque são usados num contexto informático?
    Bem lá porque uns fazem uso destes termos na seu quotidiano, ou porque outros preferem não tradução estes termos em contextos informáticos, não quer por isso dizer que tenha que se ir logo a correr inclui-los no dicionário português! Eu nas traduções que faço tento ao máximo que tudo seja traduzido, até o termo hardware traduzo para material.
    Sabiam que os nossos vizinhos europeus fazem questão de traduzir tudo para as suas respectivas línguas? Sabem que os franceses até o termo *web* traduzem? Sabem que eles sim defendem a sua língua e gostam de ser quem são? Ao contrário de nós (alguns) que detestam ser portugueses e vão logo na primeira moda?!? Mas como é que isto pode ser possível num Portugal de hoje?!? Mais vale de uma vez por todas começarmos a falar inglês, não?!
    Zé (Portugal)
    Os estrangeirismos são uma questão sensível para muitos utilizadores da língua, a quem cabe sempre a decisão de os utilizar ou não. No entanto, fazem parte da evolução de qualquer língua e, como tal, não podem ser ignorados.

    A função de um dicionário passa essencialmente por uma descrição dos usos da língua, devendo basear-se sobretudo em factos linguísticos, os quais devem ser apresentados o mais objectivamente possível, independentemente das convicções ou dos usos individuais de cada lexicógrafo ou utilizador do dicionário. …”

    Dá que pensar não dá?!

    Tenho tentado dentro dos possíveis alertar as grandes companhias, Microsoft (com a qual já troquei algumas mensagens com pedidos de esclarecimentos e exemplos, a pedido deles), Google (loja Play Store – é uma autentica vergonha quando estamos a utilizar pt-PT nos nossos dispositivos móveis e somos bombardeados e obrigados a ler os textos em pt-BR), etc…

    E noutros casos, os próprios responsáveis pelo desenvolvimento das apps tem um total desconhecimento em relação à língua portuguesa e dizem que os nossos compatriotas apresentam a tradução das apps como português sem fazer menção a pt-BR e pt-PT.

    É COMPLETAMENTE impossível unir os dois devido à criação por parte do Brasil, de palavras originadas do inglês e outras que nem sequer existem no dicionário de português, etc, etc, etc…

    Com os melhores cumprimentos,

    MS

A visualizar 2 respostas - de 1 a 2 (de um total de 2)
A visualizar 2 respostas - de 1 a 2 (de um total de 2)
  • O tópico ‘Português (Portugal)’ está fechado a novas respostas.